Ah! Advocacia? Sim é uma das áreas de atuação do advogado que tem por finalidade evitar o litígio ou demanda judicial. Não está escrito em manual algum que as divergências entre pessoas e/ou empresas sejam somente pacificadas mediante a presença de um Juiz.

Se comprou ou vendeu uma casa. Se comprou ou vendeu um apartamento. Se há conflitos familiares, por desavenças entre os casais. Entre pais e filhos.

Como o advogado pode auxiliar? Conciliando as partes, mediante negociações. O advogado leva vantagens sobre os demais negociadores existentes na sociedade. Os outros negociadores precisam levar os termos do acordo para o advogado. Ele celebra a composição nos limites da lei. Ele sabe o que é certo e o que é ilegal.

De que lado está a advocacia? Do devedor? Do credor? Do mutuário? Da instituição Financeira? Não importa. O advogado, quando atua na advocacia, o seu foco é a eliminação do conflito.

Por vezes, não se paga porque não se pôde. Não entregou o bem vendido, porque foi impossível, naquele momento e naquelas circunstâncias, cumprir o acordado.

E como fazer? Toda atividade humana é de risco. É sábio, saber reduzi-lo. E a advocacia constitui-se em segmento jurídico de enorme valia para soluções rápidas, sensatas e justas. O Mundo carece de JUSTIÇA.